© 2012-2019 | GCDV Grupo Cadeia de Valor, Holding, Inc. Todos os direitos reservados.

Perguntas ridículas não existem!

 Você já tentou imaginar como seriam as nossas vidas se certas perguntas surpreendentes e que as vezes aparentam ser ridículas, nunca tivessem sido feitas?

 

Sabe aquele tipo de pergunta ingênua que as crianças não tem medo de fazer?

 

Hoje pela manhã, eu estava pensando em alguns exemplos super interessantes:

 

Bill Bowerman, inventor dos calçados da Nike - "Que acontecerá se eu despejar borracha numa forma de bolo?"

 

Fred Smith, fundador da Federal Express - "Por que não haver um serviço postal de entrega rápida confiável"?

 

Massaru Ibuka, presidente honorário da SONY - "Por que não removemos a função gravação e ao auto-falante, colocando fones de ouvidor no gravador" - Resultado o Walkman.

 

Muitas dessas perguntas parecem absurdas a princípio. As outras fábricas de calçados acharam ridícula a idéia de Bowerman. Massaru aguentou comentários como: "Um gravador sem auto-falantes... Você ficou louco?"

 

A palavra inglesa question (pergunta) deriva do latim quaerere (procurar), sendo da mesma raiz de quest (procura).

 

Uma vida criativa é uma procura constante, e boas perguntas aparentemente "ridículas" são extremamente úteis.

 

Portanto, você já fez a sua pergunta "ridícula" de hoje?

 

 

 

 Bia Rodrigues Carvalho é empresária, empreendedora e palestrante. CEO do GCDV Grupo Cadeia de Valor, empresa Brasileira de  consultoria. É também grande especialista em assuntos relacionados a negócios, administração, empreendedorismo, tecnologias, marketing, vendas e logística. bia@grupocadeiadevalor.com.br

 

Please reload

Posts Em Destaque

Da carreira pública ao empreendedorismo em negócios de marketplaces e e-commereces do futuro!

June 25, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes

December 9, 2017